Mazuca de Agrestina é homenageada no Bloco Afro Ilê Dandara

Fotos: Adriano Monteiro

O Grupo Coletivo Afro Ilê Dandara que desfilou pelas ruas de Caruaru, no Agreste, no último sábado (18), realizou uma homenagem a Mazuca de Agrestina, grupo que mantém a tradição secular da Mazurca na cidade e um dos grandes símbolos de Agrestina.

O ritmo contagiante garantido por ganzás, bombos, zabumbas, caracaxás, pandeiros e cuícas garantiu a alegria e descontração a todos que participaram da prévia carnavalesca que se concentrou em frente ao Museu de Barro de Caruaru com destino a sede do bloco, que fica na Estação Ferroviária, no Espaço Cultural Dandara. A participação do grupo, composta por gente de todas as idades, mostra a importância do velho ritmo, que vem sendo resgatado no Nordeste do Brasil. A dança é fruto da miscigenação de negros, brancos e índios, durante a colonização do país.

Confira a galeria de fotos em nossa página no Facebook (clicando aqui)

Mazuca de Agrestina - O grupo Mazuca de Agrestina atualmente é composto por 14 integrantes e tem a frente Valdir Manoel, que é compositor cantor e percussionista. O grupo é apoiado pela Prefeitura Municipal de Agrestina através da Secretaria de Cultura e Turismo.

Por Thayna Chaves

Mazuca de Agrestina é homenageada no Bloco Afro Ilê Dandara Mazuca de Agrestina é homenageada no Bloco Afro Ilê Dandara Reviewed by Adriano Monteiro on 21.2.17 Rating: 5

Nenhum comentário

Sua opinião é muito importante para nós. Conte-nos algo sobre a matéria!