O que fazer - e não fazer - quando se está com gripe ou resfriado

É importante ter em mente que gripe e resfriado não são a mesma coisa Foto: Istock

Nenhum de nós pode evitar ficar gripado ou resfriado, mas, uma vez que isso acontece, há à nossa disposição uma vasta gama de tratamentos.

Porém, nem todos eles vão ajudar - e o melhor remédio a ser usado vai depender principalmente do que está te afetando: é gripe ou resfriado?

As duas condições têm sintomas parecidos, mas são na verdade bem diferentes. A gripe é causada por mutações do vírus influenza, ao passo que o resfriado pode ser causado por mais de 200 tipos de vírus.

O resfriado vai fazer com que você se sinta "podre", mas seus sintomas aparecem de maneira gradual. A gripe é mais severa e te deixa de cama, normalmente trazendo a tiracolo febre e exaustão e outros sintomas que ocorrem de forma mais rápida.

Abaixo, damos as evidências científicas do que ajuda - e o que não ajuda - no combate a ambos.

Alimentação


Alimentar-se bem ajuda a recuperar as energias, mas não se deve forçar alguém a comer Foto: Thinkstock

Especialistas do Common Cold Centre, da Universidade Cardiff, no País de Gales, recomendam comer de forma saudável para manter a energia.

Mas apenas se você sentir fome - e não forçar a ingestão de alimentos.

Resistir ou se render?

Escute seu corpo. Não force a barra e descanse. O quanto vai depender de como você está se sentindo.

Mel e limão?

Chá com limão e mel ou chocolate quente não são formas comprovadas de ajudar no combate a gripes e resfriados.

Mas essas doenças normalmente causam tosses, espirros e maior sudorese, o que leva a uma maior perda de líquido do que o normal.

Por isso, médicos recomendam tomar bastante água e uma ou outra xícara de chá ou café.

Mas não exagere da hidratação, pois o consumo exagerado de água pode ser perigoso.

É importante repor líquidos perdidos com gripes e resfriados Foto: Thinkstock

Paracetamol ou ibuprofeno?

Os dois medicamentos funcionam e podem até ser tomados juntos. Mas é bom prestar atenção nas quantidades ingeridas e não exceder a dose máxima recomendada.

E o ibuprofeno deve ser tomado junto com comida ou de estômago cheio.

Atenção às quantidades de remédio ingeridas para não exceder o recomendado Foto: Thinkstock

Pomada mentolada e óleo de eucalipto

Não há evidência de que funcionem, mas podem oferecer alívio temporário.

Esfregar um pouco no peito ou fazer inalações em uma bacia de água quente ajuda a descongestionar o nariz.

Pomadas mentoladas podem ajudar a descongestionar o nariz Foto: SPL

Vitamina C e zinco

A vitamina C tem sido usada desde os anos 1930 no tratamento de infecções respiratórias, mas só se popularizou nos anos 1970, quando o químico Linus Pauling, vencedor do Prêmio Nobel, defendeu seu uso para prevenir e aliviar resfriados.

Porém, uma análise de estudos sobre o assunto pela Cochrane Group, uma rede independente global de profissionais da área da saúde, concluiu: seu uso não ajuda muito.

O efeito da Vitamina C é questionado, mas o consumo em excesso não prejudica o organismo Foto: Thinkstock

Mas também não provoca danos em casos de consumo em excesso - o organismo elimina na urina o que não consegue usar.

Já o zinco pode ser perigoso se consumido em grandes quantidades.

Antibióticos

Antibióticos são inúteis para tratar resfriados e gripes, porque essas mazelas têm origem viral.

Esse tipo de remédio só serve para casos de infecções bacterianas.

BBC Brasil

O que fazer - e não fazer - quando se está com gripe ou resfriado O que fazer - e não fazer - quando se está com gripe ou resfriado Reviewed by Adriano Monteiro on 22.1.17 Rating: 5

Nenhum comentário

Sua opinião é muito importante para nós. Conte-nos algo sobre a matéria!