Seis milhões vão às urnas

A campanha de rua começa no próximo domingo, mas na prática nenhum candidato já estará com seu material de propaganda impresso. Poderá, sim, fazer comícios e usar carros de som, porque qualquer impresso, mesmo que seja um simples “santinho”, terá que constar o número do CNPJ, o que, na prática, a justiça eleitoral só libera em 72 horas.

Se por acaso o candidato for flagrado fazendo distribuição de material sem o CNPJ será multado, correndo o risco de ter sua candidatura cassada. Candidatos majoritários e proporcionais devem estar atentos, também, à prestação de contas dos seus gastos de campanha, que nesta eleição serão feitas mês a mês, ou seja, julho, agosto e setembro.

Assessor da Corregedoria do Tribunal Regional Eleitoral, Orson Lemos disse, ontem, que este ano estão aptos a irem às urnas 6,3 milhões de pernambucanos, 4% a mais em relação ao pleito de 2010. O número oficial, entretanto, ainda será divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nos próximos dias.

A propaganda no rádio e na televisão, que mexe diretamente com o astral do eleitorado, forçando-se a despertar para as eleições, só começa em 16 de agosto, indo até 2 de outubro, três dias antes do pleito.

Para presidente da República, governador e senador, o guia na tevê está marcado para as terças, quintas e sábados, enquanto que os candidatos proporcionais – Congresso e Assembleia Legislativa – usam o tempo nas segundas, quartas e sextas-feiras.

Só a partir daí, o eleitorado tende a se envolver de fato na campanha. É na tevê e no rádio que o candidato do PSB, Paulo Câmara, aposta todas as suas fichas para virar o jogo, tirando do senador Armando Monteiro, que lidera todas as pesquisas hoje, o seu favoritismo. Vai conseguir? Só o tempo dirá.


Blog do Magno Martins


Seis milhões vão às urnas Seis milhões vão às urnas Reviewed by Adriano Monteiro on 3.7.14 Rating: 5

Nenhum comentário

Sua opinião é muito importante para nós. Conte-nos algo sobre a matéria!