Boró (PSB) diz que não vai para situação, mas deixa o nome a disposição do povo Lagoatense

Foto: Willamar Jr.
O empresário Sizonaldo Silva, Boró, 37 anos, (PSB), se pronunciou oficialmente no final da tarde desta segunda feira, 30 e rebateu os boatos de que ele poderia integrar a situação, em entrevista ele descartou qualquer possibilidade de que isso poderia acontecer. “Há 23 anos o PSB faz parte do Poeirão continuará fazendo, Lagoa dos Gatos tem uma política diferenciada e esta aliança não aconteceria sobre hipótese alguma, pretendo disputar as eleições em 2016, ou apoiar algum nome que vier a somar pela oposição, já que o grupo do Poeirão e Lagoa dos Gatos é composta por pessoas de bem e outros nomes também estão à disposição e o meu papel é de somar, estive com o Governador Paulo Câmara, foi mantido a comissão do PSB, onde o meu amigo Sidrailson é o presidente, temos o aval dos deputados, Alberto Feitosa (PR), e Tadeu Alencar (PSB), o que nos fortalece ainda mais, por isso acredito em Lagoa dos Gatos, confio no povo e sou um homem de posição. Disse Boró em entrevista ao radialista Josival Ricardo.

Por Willamar Jr. / Agreste FM

São João 2015 de Caruaru já tem data definida

Foto: Adriano Monteiro
Os forrozeiros de plantão podem começar o aquecimento, pois o maior e melhor São João do mundo já tem data para começar. O arrastapé terá início no dia 30 de maio e seguirá até o dia 29 de junho.

A presidente da Fundação de Cultura e Turismo, Lucia Lima, fala sobre a antecedência em divulgar a data. “É bom para o setor de turismo, pois as empresas negociam pacotes de viagens. É favorável também para os visitantes e turistas, pois eles conseguem se programar e a economia local também é diretamente beneficiada”, pontua.

A grade de programação, estrutura, polos de animação e outros detalhes da festa serão divulgados em breve.

Da Redação da Rádio Liberdade

Globo Nordeste realiza matérias sobre a cultura de Agrestina

Foto: Jocelim Valdemar
A produção cultural e artística de Agrestina chamou a atenção dos produtores da Globo Nordeste. Neste domingo, 29 de março, a equipe chegou à cidade para conhecer um dos maiores ícones locais: o chocalho. Eles acompanharam todo o processo de produção da peça, desde o molde do latão até a finalização do artigo que é vendido para todo o país. Curiosa, a repórter Gabriela Lisboa conversou com toda a família do artesão Cristiano da Silva, que produz na Vila de Santa Tereza, berço do chocalho, e ainda visitou uma fazenda para ver o produto sendo usado. Logo depois, o destino foi a Praça Padre Cícero e a Vila Pé-de-serra dos Mendes, onde capturaram imagens do casario que resiste ao tempo e da Igreja de São Manoel da Paciência. As gravações continuam nesta segunda-feira (30) e contemplarão ainda o alfenim, a Mazuca de Agrestina e mais um pouco do artesanato local.

Por Edmea Ubirajara / Decom Agrestina

Segundo rumores, o empresário Boró deve mesmo deixar a oposição. PSB pode ser o novo partido da prefeita de Lagoa dos Gatos


Segundo rumores, o empresário Boró deve mesmo deixar a oposição. PSB pode ser o novo partido da prefeita de Lagoa dos Gatos

Eleito seus deputados pela oposição, aos 37 anos, Boró acendeu na oposição a esperança de o partido se reerguer no cenário político de Lagoa dos Gatos, levando ao ponto de o governador convidá-lo para uma reunião. Alguns empresários de Lagoa, lhe projetar a candidato a prefeito num futuro não tão distante. 

Passadas as eleições das quais os seus deputados saíram vitoriosos em plano municipal, Boro retomou (de forma muito discreta) seu projeto de sobrevivência política e intensificou as negociações, Mais alguns já estão estudando a possibilidade da prefeita Verônica Soares que foi expulsa do PTB migrar para o PSB assim, podendo haver uma união entre o Empresário Boró e o partido da situação. 

Por Willamar Jr. / Agreste FM

Estado corre contra o tempo para não arcar com R$ 70 milhões de impostos em 2015

Empresas públicas e de sociedade mista correm para se adequar aos novos métodos contábeis vigentes no Brasil

Foto: JC Imagem
As empresas públicas e de sociedade mista do Governo do Estado de Pernambuco estão correndo contra o tempo para se adequar aos novos métodos contábeis vigentes no Brasil, estabelecidos pela Lei Federal nº 11.638/2007. Das 17, apenas duas já funcionam de acordo com a nova linguagem contábil. Em tempos de austeridade nas contas públicas e crise econômica, a corrida tem um motivo inquestionável. Caso não aconteça até o final deste ano, o Estado terá que pagar um imposto adicional, da ordem de R$ 70 milhões, calcula o Grupo de Trabalho Estatais, que trata do assunto, do qual o Tribunal de Contas do Estado (TCE) é membro. 

Responsável pelo monitoramento da adoção das normas contábeis e fiscais nessas entidades, o auditor do TCE Dimas da Fonseca Lins, explica que o órgão vem acompanhando de perto a situação desde 2011. “Na época, fizemos um estudo que identificou que apenas duas (Copergás e Compesa) tinham feito a convergência contábil. O resto estava no limbo”, disse. Uma lei de 2009, frisou, estabeleceu que uma espécie de neutralidade tributária (para impedir que fosse pago imposto a mais durante a convergência), entendendo justamente que era preciso um período de transição para que o novo regime fosse completamente implantado. “A lei valeu até o ano passado, o prazo máximo. O TCE então procurou o então secretário da Fazenda, Paulo Câmara, para expor o problema, que se comprometeu em trabalhar nessa transição”, pontuou. 

No entanto, essa convergência, ressaltou o auditor, é complexa e, com o atraso em se adequar à nova lei, o Estado goza de pouco tempo hábil. Para simplificar, é como se até 2007 cada País falasse uma língua contábil, tendo uma metodologia específica, e, a partir da nova lei, uma universal foi criada. O impacto mais significativo dessa nova regra recai sobre os imóveis. “Ela afeta toda a forma de avaliação. É preciso fazer um levantamento de todos os imóveis e regularizar. Ter uma equipe de ponta e qualificada para calcular e avaliar seu novo valor. Por exemplo, a Perpart, que tem estoque imobiliário antigo com valores abaixo do mercado, e a AD Diper, que compra e desapropria muitos terrenos, terão um trabalho enorme”, explicou Dimas. Em outras palavras, um imóvel que não tinha qualquer valor no orçamento passará a ter, visto que será avaliada a sua nova vida útil e o novo preço de mercado. 

O GTCON Estatais é formado por um membro de cada empresa pública ou de sociedade mista, Controladoria Geral e Contadoria Geral do Estado, além do TCE. “A atuação do tribunal tem sido fundamental para a mobilização do Estado e de suas empresas públicas e sociedades de economia mista para alcançar esse objetivo. No ano passado, visitamos todas as entidades, o que resultou na emissão de dois Alertas de Responsabilidade, além de recomendações, para todas elas, que propõem a adoção de procedimentos específicos para o cumprimento das normas fiscais e societárias”, explicou Dimas.

Por Carolina Albuquerque / JC Online

Prefeito do Recife aproveita o domingo para pedalar junto à família

O Prefeito do Recife, Geraldo Júlio, aproveitou o domingo para passear junto à família pelas ruas do Recife Antigo que nesse domingo, comemorou 2 anos do "Recife Antigo de Coração".



Fotos: Adriano Monteiro
Por Adriano Monteiro


Exclusivo! Vídeo da entrevista do prefeito de Agrestina para o S.O.S Notícias

A seguir, principais momentos da entrevista de Thiago Nunes, à rádio Agreste FM de Cupira, durante o programa S.O.S Notícias com o comunicador, Willamar Alves.


(Imagens: Adriano Monteiro)

Em Recife, Thiago Nunes busca recursos para mais calçamentos

Foto: Divulgação
O prefeito de Agrestina, Thiago Nunes, esteve na capital pernambucana em busca de recursos para a construção de mais calçamentos para o município. Ele se reuniu na manhã de hoje (26/03), com o Secretário Estadual de Transportes, Sebastião Oliveira, para tratar de um convênio referente ao ano de 2014 e para a liberação de recursos oriundos de emendas parlamentares. Na ocasião, participou o vereador de Gravatá, Fernando Resende. A primeira localidade a ser contemplada será a comunidade de Água Branca, beneficiada com R$ 50.000,00 destinados à obra que segundo o prefeito, deverá ter início em julho.

Por Adriano Monteiro


Fase final - Fábrica de colchões Eurosono próxima de sua inauguração

Foto: Adriano Monteiro
Foto: Adriano Monteiro
A primeira indústria de grande porte, de Agrestina, já está em fase de conclusão e nos próximos meses estará em pleno funcionamento proporcionando cerca de 250 empregos diretos para a população da Terra das Andorinhas. A área de 2,5 hectares já concluiu a principal estrutura e agora segue para os acabamentos finais. Prevista para inaugurar no dia 18 de maio, em conversa com um dos encarregados da obra, a data poderá ser prorrogada por mais algumas semanas, mas a expectativa é que as atividades tenham início ainda no mês de junho. "Nós que estamos dentro da obra, podemos avaliar com mais precisão e talvez não concluamos antes do dia 18 de maio", disse.

Confira as imagens da futura fábrica.




Fotos: Adriano Monteiro
Por Adriano Monteiro