Web Toolbar by Wibiya
RSS

Justiça determina que Thiago Nunes retire conteúdos ofensivos contra Carmen e Moreno, no Facebook

O Ministério Público de Agrestina, determinou por meio de uma liminar que o prefeito de Agrestina, Thiago Nunes, retire das redes sociais, em especial do perfil no facebook, as postagens ofensivas contra a ex-prefeita, Carmen Miriam e o seu filho Moreno Damasceno, sob pena de multa de R$ 1.000,00 (mil reais) diários e crime de desobediência prevista em lei.

A justiça entendeu que o conteúdo é publicado por Nunes, nas redes sociais e que é ofensivo, ferindo a honra, podendo causar danos irreparáveis a ex-prefeita e ao seu filho por serem pessoas públicas e políticas.

"É triste que em pleno século XXI ainda tem políticos que só sabem fazer a política miúda", criticou, Moreno Damasceno.

O perfil denominado "Thiago Josué", está entre os mais contundentes tratando-se de ofensas contra Carmen, Moreno e o seu grupo político. Somente o histórico deste perfil obtido pelos advogados da ex-gestora, contém cerca de 410 páginas em arquivo PDF, com postagens à partir de 2012, ano de criação do referido usuário. De acordo com Moreno, o próximo passo é a investigação criminal pela Polícia Federal, para a identificação de mais envolvidos.

 
 


Por Adriano Monteiro

(Clique na imagem para acessar)

Nino Cantador lança chapa para eleições do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Agrestina

Agricultores associados fazem menção à "Chapa 01" de Nino Cantador.    Foto: Adriano Monteiro
A menos de um mês para as eleições do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Agrestina, o atual presidente, José Cícero da Silva, o "Nino Cantador" como é mais conhecido, encabeçará a "Chapa 1" em busca da reeleição. Com um programa de governo voltado para as mulheres agricultoras, com políticas direcionadas à criação de cursos profissionalizantes e a recuperação do programa de apoio ao homem do campo, o candidato já recebe apoio de várias lideranças do município a exemplo da ex-prefeita Carmen Miriam e do empresário Aparecido.

Na sequência: Carmen Miriam, Nino Cantador e Aparecido.  Foto: Adriano Monteiro
Outro ponto forte do seu programa de governo será a atenção ao homem do campo com a aquisição de patrulhas mecanizada e tratores para aração de terras, construção de barreiros e melhoria e conservação das estradas.


Por Adriano Monteiro

Indicadores sociais são desafio para Pernambuco


Aumentar o tempo total de estudo da população, a renda familiar média e o acesso a serviços de saneamento básico e saúde são alguns dos desafios que o vencedor da disputa eleitoral pelo governo de Pernambuco terá que enfrentar. O Produto Interno Bruto (PIB) do estado, que é cerca de R$ 125 bilhões, vem crescendo acima da média brasileira. No entanto, os indicadores sociais reunidos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que 1,7 milhão de famílias pernambucanas têm renda per capita de até meio salário mínimo por mês e estão inscritas no Cadastro Único de programas sociais do governo federal. Dessas, 1,1 milhão recebem o Bolsa Família para complementar a renda, um indicativo de que ainda precisam de ajuda governamental para não viver na miséria.

No que se refere à educação e trabalho, somente 10% dos jovens entre 15 e 29 anos estudam e trabalham; 39,9% deles só trabalham e 26,9% não estudam nem trabalham. Os números ajudam a explicar o alto índice de analfabetismo no estado: 20% das pessoas com 25 anos ou mais não têm instrução ou estudaram menos de um ano. Apenas 22,4% das pessoas a partir dessa idade estudaram 11 anos, tempo suficiente para concluírem o ensino médio; e 8,1% estudaram 15 anos, o suficiente para concluir o ensino superior.

Na saúde, o desafio do próximo governador de Pernambuco será fazer investimentos que se reflitam no aumento da expectativa de vida da população. Entre os homens, a esperança de vida ao nascer é 67,9 anos, enquanto a média brasileira é 71 anos. Entre as mulheres, a expectativa é 76,3 anos, ante a média nacional de 78,3 anos.

Ampliar o saneamento básico também está entre os desafios do vencedor das eleições de outubro no estado. Entre os domicílios urbanos pernambucanos que têm renda per capita familiar de até meio salário mínimo, 50% não têm acesso a saneamento adequado. Dos 185 municípios do estado, 22 não têm nenhum tipo de rede coletora de esgoto.

Em outubro, seis candidatos disputarão o comando do Poder Executivo estadual. O empresário e senador Armando Monteiro (PTB) concorrerá ao governo pela primeira vez. Ele é o cabeça de chapa da coligação Pernambuco Vai Mais Longe, formada por PTB, PT, PSC, PDT, PRB, PTdoB. Terá como vice Paulo Rubem Santiago Ferreira. Antes de ser senador, Monteio foi deputado federal.

Jair Pedro (PSTU) disputa pela segunda vez o governo de Pernambuco. Sem coligação com outros partidos, ele terá como vice Kátia Maria da Silva Telles. Jair Pedro é do Recife e já foi candidato à prefeitura da capital em 2012 e à vice-prefeito em 2008.

Assim como ele, José Carlos Pantaleão da Silva (PCO) está se candidatando sem coligação. Servidor público, ele já foi candidato a vereador do Recife em 2008. A chapa do PCO tem Silvio Santos Pereira Lima como candidato a vice.

José Gomes (PSOL) assume a liderança da coligação Mobilização por Poder Popular, formada pelo PSOL e o PMN. A candidata a vice-governadora é Viviane Nascimento. Gomes já foi candidato a vice-prefeito em 2008 e a deputado federal em 2006.

O servidor público Miguel Anacleto (PCB) também será candidato sem coligação. Ele não participou das últimas eleições e terá como vice Délio Mendes Filho.

Paulo Câmara (PSB) será o candidato da maior coligação para o governo de Pernambuco. A aliança Frente Popular de Pernambuco é formada por PMDB, PCdoB, PSB, PTC, PRP, PV, PTN, PR, PSD, PPS, PSDB, SD, PPL, DEM, PHS, PSDC, PROS, PP, PEN, PRTB, PSL, além de seu partido, o PSB. Terá como vice Raul Jean Júnior.

ABr

Campos denuncia ter conta invadida na internet


A equipe responsável pelas redes sociais da campanha presidencial do ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, denunciou, na página oficial que o socialista mantém no facebook, que a conta que Campos e sua vice, a ex-senadora Marina Silva, mantém no Twitter, foi alvo de um ataque feito por robôs. Segundo o post assinado pela #Equipe 40, foi identificado que uma série de perfis falsos estão gerando "um tráfego anormal e artificial, com o possível intuito de criar confusão". Este seria o segundo ataque do gênero sofrido pela campanha e que, neste caso, está sendo atribuído "aos membros da velha política".

Ainda segundo a postagem, o perfil do ataque segue a mesma linha da que teria sido registrada em abril deste ano, quando os perfis falsos, que não possuem seguidores, efetuam "registros automáticos nos perfis de Campos e Marina e replicam perguntas recorrentes".

Para coibir a prática e tentar identificar os autores, a coordenação da campanha estaria em contato direto com o Twitter para "bloquear este tipo de ataque". A postagem atribui o ataque ao que Campos tem chamado rotineiramente de "membros da velha política", além de defender "uma discussão limpa, tanto nas ruas como na internet".

Veja abaixo a postagem de Eduardo Campos sobre o assunto.

Contas no Twitter voltam a ser atacadas

A campanha de Eduardo Campos e de Marina Silva no Twitter está novamente sob ataque de robôs.

Desde a semana passada, perfis falsos, com zero seguidores, se registram automaticamente nos perfis de Eduardo e Marina e replicam perguntas recorrentes.

Em abril de 2014 as mesmas contas foram alvo de ataques. Na época, tanto Eduardo quanto Marina divulgaram nos seus canais de internet o ocorrido.

Os robôs são facilmente identificáveis. Os perfis falsos, automatizados, geram um tráfego anormal e artificial, com o possível intuito de criar confusão. Na época, publicações na internet e na imprensa veicularam informação falsa segundo a qual as campanhas de Eduardo e Marina estariam "inflando" a quantidade de usuários por meio do robôs.

Este é o tipo de confusão que os responsáveis pelo ataque procuram criar.

A campanha de Eduardo e Marina está em contato direto com o Twitter, tanto no sentido de avisá-lo do que está ocorrendo quanto em pedir providências para que a plataforma bloqueie este tipo de ataque, absolutamente nocivo para as boas práticas da comunicação em rede.

Como foi dito em abril passado, a campanha de Eduardo e Marina não compactua jamais com práticas como essas ou com o uso político de perfis "fakes" (falsos). As redes sociais, hoje, são um dos maiores palcos de debate sobre o Brasil atual e o seu futuro enquanto país democrático e socialmente justo. Eduardo e Marina defendem uma discussão limpa, tanto nas ruas como na internet.

Neste sentido, relembramos que quanto mais o debate sobre o novo Brasil se anuncia, mais os membros da velha política se assustam e tentam impedi-lo, também na internet. Mas este debate é inevitável. Quem determina isso é a sociedade brasileira e atacar perfis em redes sociais não impedirá que ele aconteça.

Portal 247

Terceira edição do Bate-papo Cultural acontece em Agrestina nesta quarta-feira.

A secretaria de Cultura Turismo e Juventude de Agrestina realiza nesta quarta-feira (30), a partir das 19h, a 3º edição do bate-papo cultural com o tema “Brasil de Norte a Sul.” Desta vez estarão participando do encontro jovens do projeto Rondon, educadores, diretores e secretários. O encontro será mediado pelo diretor de Cultura, Milvio Cordeiro Leite e o Jornalista Marcos Ruschel, que acompanha o grupo dos jovens Rondonistas. O momento será realizado na Casa das Juventudes, localizada na Rua Capitão Cadete, Nº 29, Centro, ao lado da Praça Padre Cícero.


Decom


SUS vai vacinar crianças contra hepatite A

O Ministério da Saúde anunciou hoje (29) a inclusão da vacina contra o vírus da hepatite A no calendário nacional de vacinação do Sistema Único de Saúde, a partir deste mês.

O público-alvo, de acordo com o ministro Arthur Chioro, são crianças de 1 ano até 1 ano e 11 meses. A meta é imunizar 95% deste público em um ano, cerca de 3 milhões de crianças. Com a inclusão da vacina, o objetivo é prevenir e controlar a hepatite A gradativamente.

O ministério investiu R$ 111 milhões na compra de 5,6 milhões de doses neste ano. Para o início da vacinaço, já foram distribuídas 1,2 milhão de doses para os estados e municípios. O restante será distribuído gradualmente entre os meses de agosto e setembro.

Este mês, a vacina contra a hepatite A já está disponível nas unidades de saúde de 11 estados – Acre, Rondônia, Alagoas, Ceará, Maranhão, Piauí, Pernambuco, Goiás, Espírito Santo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, além do Distrito Federal, segundo o ministério.

O Ministério da Saúde anunciou a inclusão da vaicna contra a hepatite A no calendário de vacinação para crianças de 1 ano até 1 ano e 11 mesesValter Campanato/Arquivo/Agência Brasil 

No mês de agosto, a vacina chegará ao Amazonas, Amapá, Tocantins, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Pará, a Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Sergipe, Santa Catarina, à Bahia e Paraíba. Já nos estados de Roraima, São Paulo e do Paraná, a imunização ocorrerá no mês de setembro.

Chioro disse que crianças que estiverem fora do público-alvo não serão vacinadas.

"A escolha da faixa etária é feita em cima de estudos técnicos exatamente por conta do período em que a criança terá capacidade de resposta imunológica pra se proteger contra a vacina. A partir de uma certa idade já é muito provável que a criança tenha entrado em contato com o vírus, então a recomendação do comitê técnico da Organização Mundial da Saúde [OMS] foi a introdução da vacina exatamente nesta faixa etária", disse Chioro.

A hepatite A é uma doença que atinge o fígado. De acordo com a OMS, a cada ano, ocorrem cerca de 1,4 milhão de casos no mundo.

De acordo com o Ministério da Saúde, 151.436 casos da doença foram registrados no Brasil entre os anos de 1999 e 2013. No período entre 1999 e 2012, 761 pessoas morreram por causa da doença.

ABr

Energia vai encarecer a partir de 2015, diz Aneel

Empréstimos feitos pelo governo para socorrer as distribuidoras vão causar aumento de oito pontos percentuais nas tarifas de luz


O diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Romeu Rufino, estimou ontem em oito pontos percentuais o impacto financeiro dos empréstimos de R$ 17,7 bilhões às distribuidoras no custo da energia em 2015 e 2016. O primeiro empréstimo concedido às empresas foi de R$ 11,2 bilhões. O segundo, que ainda está sendo negociado entre o governo e instituições financeiras, gira em torno de R$ 6,5 bilhões. “Não estou querendo dizer que o reajuste do ano que vem será de 8%, pois isto depende de uma série de outros fatores”, explicou.

De acordo com Rufino, esse é o tamanho do repasse que será feito aos consumidores para cobrir os financiamentos bancários disponibilizados ao setor. Isoladamente, disse ele, o impacto dos empréstimos não representa o aumento real que será percebido nas contas de luz.

“O reajuste [das tarifas] nunca é exclusivamente ligado ao valor do empréstimo. É um conjunto de fatores [que são analisados pela agência]. Ele [o financiamento] vai impactar a tarifa. Agora, o tamanho do reajuste tarifário vai depender de outros fatores, não é só esse item que é levado em consideração”, afirmou.

Na lista de pontos que são levados em consideração pela agência na hora de reajustar o preço da energia está a inflação, o próprio custo da energia no ano que vem, o volume de investimentos feitos pelas empresas, entre outros. Significa que o aumento pode ser ainda maior ou menor, caso o governo consiga, de fato, fazer baixar o preço da energia ao retomar concessões de geração elétrica que vencem no próximo ano.

Dívida

Agência adia novamente prazo para distribuidoras pagarem R$ 1,3 bilhão

A Aneel aprovou o adiamento para 28 de agosto da liquidação das operações realizadas no mercado de curto prazo, referentes a maio, no valor de R$ 1,315 bilhão, devido pelas distribuidoras de energia à Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE). Em seu relatório, o diretor Reive Barros disse que era prudente alterar a data.

Embora as negociações com as instituições financeiras que concederão o novo empréstimo devam estar concluídas até amanhã, data prevista para o pagamento, os recursos ainda não estariam disponíveis para realizar a liquidação. “Já está tudo encaminhado. Em princípio, são as mesmas garantias, o mesmo processo, o mesmo tudo. Agora, a taxa o Ministério da Fazenda é que está negociando”, disse o diretor da Aneel, Romeu Rufino.

Segundo ele, entre os focos da discussão dos bancos com o governo estaria uma elevação do juro cobrado no segundo empréstimo em relação ao primeiro, que foi de CDI mais 1,9% ao ano. Uma alta nessa taxa explicitaria o aumento do risco do setor elétrico para os credores, o que o governo quer evitar.

Gazeta do Povo

População Agrestinense contará com UPA 24h

Nessa segunda-feira foi assinada a ordem de serviço para início da construção da UPA tipo II no município de Agrestina. A solenidade que marca uma nova etapa na história da terra da Mazuca, aconteceu no auditório da Academia da Saúde e contou com a presença do prefeito Thiago Nunes, o Secretário de Saúde Roberval Maciel, vereadores e diretores. 

A UPA vai funcionar as margens da BR 104, no Loteamento Manoel Marques. A Unidade de Pronto Atendimento vai oferecer serviço 24h, com médicos plantonistas e ambulatoriais. Além da população Agrestinense cidades da região também serão beneficiadas com os serviços.

“Estamos fazendo parte de um novo momento em Agrestina e nosso objetivo é proporcionar saúde de qualidade para os moradores” disse o Secretário de Saúde, Roberval Maciel. A construção começou nesta terça-feira e o tempo de execução da obra será de 12 meses.

Decom

Itep lança novo processo seletivo de alunos para os Centros Tecnológicos

O Instituto de Tecnologia de Pernambuco (Itep) lançou novo processo seletivo para o preenchimento de 175 vagas em cursos técnicos de nível médio, oferecidos em quatro Centros Tecnológicos do Estado. As inscrições poderão ser feitas até 08 de agosto, presencialmente nas sedes dos CTs, nos municípios do Recife, em Caruaru, em Garanhuns e em Araripina. O valor da taxa de inscrição é de R$ 24,00, As provas serão realizadas no dia 17 de agosto. O edital está disponível no site do Itep (www.itep.br).

Podem se candidatar estudantes que estejam cursando a 2ª ou 3ª série do Ensino Médio ou ter concluído o Ensino Médio, para o ingresso nos cursos técnicos de nível médio, na forma concomitante ou subsequente, respectivamente. Os candidatos que têm interesse em solicitar a isenção da inscrição devem indicar no formulário de inscrição o número do Cadastro Único para Programas Sociais e seguir o indicado no edital.

No Centro Tecnológico da Cultura Digital (CTCD), em Peixinhos, no Recife, são oferecidas 20 vagas do curso de Comunicação Visual, sendo dez para o turno da manhã e dez para o turno da noite. No Centro Tecnológico do Agreste (CT Moda), em Caruaru, serão oferecidas 70 vagas, sendo 45 para o curso de Química (35 para o turno da tarde e dez para a turma da noite) e 25 vagas para o curso de Modelagem do Vestuário, no horário noturno.

Já o Centro Tecnológico Instituto de Laticínios do Agreste (CT LAT) oferece 15 vagas no curso de Alimentos, no horário da manhã. No Centro Tecnológico do Araripe, em Araripina, são oferecidos os cursos de Química (35 vagas no horário da tarde) e Eletroeletrônica, também com 35 vagas no horário da tarde.

PROVA - A prova escrita objetiva será constituída das disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, cujos conteúdos programáticos estão contidos no edital. Serão 40 questões objetivas de múltipla escolha. A prova terá duração de três horas, sendo aplicada no dia 17 de agosto, das 14h às 17h. O resultado da prova objetiva será divulgado no dia 22 de agosto, no site do Itep, mediante publicação da relação nominal de candidatos com a nota respectiva. O dia das matrículas será divulgado no mesmo dia 22 de agosto. O início previsto das aulas é 1º de setembro.

Inscrições e mais informações:

Centro Tecnológico de Cultura Digital- CTCD, localizado a Av. Jardim Brasília, s/n, Bloco F, Bairro Peixinhos, Recife - PE, das 8h às 12h, 13h às 17h e das 19h às 21h.

Centro Tecnológico Instituto de Laticínios do Agreste - CT LAT, localizado a Av. Bom Pastor, s/n, Bairro Mundaú, Garanhuns - PE, das 8h às 12h e das 13h às 17h. 

Centro Tecnológico do Agreste - Unidade Caruaru - CT MODA, localizado a Av. Dalton Santos, 319, Bairro São Francisco, Caruaru - PE, das 8h às 12h, 13h às 17h e das 19h às 21h.

Centro Tecnológico do Araripe - CTA, localizado a Rua Antônio Alexandre Alves, 112, Bairro Vila Santa Isabel, Araripina - PE, das 8h às 12h, 13h às 17h e das 19h às 21h.

Por Adriano Monteiro