Em meio a queixas, Dilma assume Mercosul

A reclamação é que os países vêm gastando mais tempo em debates políticos do que ampliando os mercados para os produtos da região

Foto: Roberto Stuckert Filho
A presidente Dilma Rousseff assume nesta quarta-feira (17) a presidência do Mercosul sob pressão do empresariado brasileiro para restabelecer a discussão econômica e comercial do bloco.

A reclamação é que os países vêm gastando mais tempo em debates políticos do que ampliando os mercados para os produtos da região.

Na mais recente cúpula dos presidentes do Mercosul, em julho, na Venezuela, o comunicado conjunto dedicou-se a apoiar a Argentina na negociação com os fundos "abutres" e a homenagear os ex-presidentes mortos Hugo Chávez e Néstor Kirchner.

As divergências de natureza econômica entre os países do grupo, contudo, ficaram sem resolução.

A situação ficou mais urgente com o menor crescimento do Brasil e a recessão na Argentina e na Venezuela. Todos os países precisam, nesse contexto, aumentar suas exportações.

Porém, neste ano até novembro, o fluxo comercial do Brasil para os quatro países que integram o Mercosul -Argentina, Uruguai, Venezuela, Paraguai- caiu 13% ante o mesmo período de 2013.

Houve queda tanto nas importações quanto nas exportações do Brasil para o bloco. Só para a Argentina, entre janeiro e outubro deste ano, as vendas recuaram 27%.

Entre as queixas do setor produtivo brasileiro, a principal delas são as barreiras da Argentina. O país exige que o empresário cumpra uma burocracia adicional para entrar com o produto no país, o que na prática dificulta e encarece a exportação.

Segundo a CNI (Confederação Nacional da Indústria), as primeiras queixas de empresários sobre o problema apareceram em 2004. Mas as restrições cresceram de acordo com as dificuldades do país e neste ano atingiram também os produtos de cadeias integradas, como a do setor automotivo, que têm parte da produção no Brasil e parte no país vizinho.

PETRÓLEO

Outra fonte de preocupação dos empresários e que pode ser tratada no encontro dos cinco presidentes, marcado para esta quarta (17), na Argentina, é a queda do petróleo e seus efeitos sobre a Venezuela.

O temor dos empresários é que o pagamento aos exportadores brasileiros atrase com as dificuldades do país, cujas reservas dependem da venda de petróleo. Isso já ocorreu no início do ano e a situação é considerada controlada.

Brasil, Uruguai e Paraguai vêm defendendo que o bloco negocie novas áreas de comércio, mas enfrentam resistência de Argentina e Venezuela. Os empresários brasileiros afirmam que acordos com países latino-americanos, como México, Colômbia e Peru, podem ser intensificados, sem ferir o Mercosul.

"A Argentina é relevante, mas não será suficiente para para que nossa indústria volte a crescer ao ritmo necessário", disse o diretor da CNI, Carlos Abijaodi.

Folha Press

Abertura do “Encantos de Natal” acontece no próximo sábado em Agrestina


Acontece no próximo sábado (20) em Agrestina, a abertura do “Encantos de Natal” comemorado durante o fim de semana na cidade. Na programação a chegada de Papai Noel a partir das 18h, em seguida sorteio de presentes na Praça Padre Cícero, localizada no centro da cidade.

O evento acontece pelo segundo ano consecutivo e tem como público alvo as crianças que passeiam na imaginação e vão em busca de presentes. O bom velhinho segue a tradição e chega à capital do Chocalho em um trenó e passa pelas principais ruas do centro da cidade. 

Durante toda semana urnas foram distribuídas em pontos de arrecadação, para que as cartas fossem depositadas. Não existe critério, o objetivo da Secretaria de Cultura Turismo e Juventude é que qualquer criança possa participar. “Em 2013 distribuímos quase 100 presentes este ano esperamos superar esse quantitativo” disse Josenildo Santos, Secretário da pasta. 

Dentro da programação as principais ruas de Agrestina também foram decoradas, além do Centro de convivência do Idoso e do Serviço de Fortalecimento de Vínculos. A programação continua no domingo a partir das 19h, onde acontecem as apresentações musicais, no centro da cidade.

Pastoril do CCI E Peti
APAE 
Dança de Salão
Grupos de dança moderna e kosike
Balé clássico
Mazuca
Hip Hop

Por Núbia Silva \ Decom Agrestina

Agrestina sediará projeto ‘Zoneamento das Áreas Vulneráveis à Desertificação no Estado de Pernambuco’

Nos próximos dias 17 e 18 de dezembro Agrestina será a sede de um encontro do projeto “Zoneamento das Áreas Vulneráveis à Desertificação no Estado de Pernambuco”. A iniciativa da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente reunirá 30 representantes dos municípios de Agrestina e São Joaquim do Monte para debater temas como desertificação, mudanças climáticas e sustentabilidade da caatinga. “Temos como finalidade angariar subsídios para a elaboração do Zoneamento, sendo importantes fóruns de mobilização e de participação das pessoas, pois os temas a serem abordados estarão diretamente relacionados com a realidade vivida pelo público-alvo”, declara o secretário da pasta, Wlademir Félix. Outros eventos do tipo serão realizados posteriormente nas Regiões do Sertão e Agreste, todos sob a coordenação da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas). O encontro será na Casa do Empreendedor, localizada na Rua Capitão Cadete, nº 36 - 1º andar, no centro de Agrestina, sempre das 8h às 17h. 

O PROJETO – Criado pela Semas, tem como objetivo mapear as áreas mais vulneráveis à desertificação no Estado de Pernambuco para possibilitar ações de prevenção e recuperação. O resultado do trabalho será um documento com dados científicos sobre as áreas mais vulneráveis à desertificação, processo que ameaça cerca de 80% do território de Pernambucano. A meta da Semas é gerar indicativos ambientais, sociais e econômicos que vão subsidiar as próximas ações no semiárido, permitindo que o Governo do Estado possa atuar com maior precisão nas áreas atingidas periodicamente pela seca.

Por Edméa Ubirajara \ Decom Agrestina

Câmara anuncia nomes que irão compor secretariado

Foto: Adriano Monteiro
O governador eleito de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), anunciou na tarde desta segunda-feira (15) os 27 nomes que vão compor o seu governo a partir de 2015. Eleito com 68,08% dos votos válidos, Câmara afirmou que se inspirou no ex-chefe do Executivo pernambucano Eduardo Campos para montar o seu secretariado. A futura gestão terá 22 secretarias, o mesmo da reforma feita por Campos no final de 2013.

Em coletiva de imprensa, Câmara prometeu reduzir em 20% a folha de pagamento dos comissionados. "Eduardo, lembro agora, de uma frase que sempre dizia: juntos vamos fazer um novo tempo e umt empo novo. Pernambuco vai avançar muito mais", afirmou. "Esse momento é muito importante. Hoje, 15 de dezembro, é aniversário do grande líder, doutor Miguel Arraes de Alencar", disse.

Uma das novidades do futuro governo é o Gabinete de Projetos Estratégicos, que foi uma promessa de campanha. O Executivo também contará com a Secretaria de Habitação, antes vinculada à Secretaria das Cidades. A Secretaria de Microempresa, Qualificação e Trabalho, que antes eram duas, se transforma em apenas uma. Esporte e Lazer foram incorporadas à Secretaria de Turismo.

Diante dos rumores de que o PSDB ficaria de fora do governo, o partido, que apoio o PSB, foi contemplado com duas pastas - Trabalho e Direitos Humanos. Durante a entrevista, Câmara também rebateu o senador eleito Fernando Bezerra Coelho (PSB), que criticou processo de montagem do secretariado. "Quem escolhe sou eu", disse o futuro governador.

Confira a lista dos nomes que vão compor o futuro governo:

Casa Civil: Antônio Figueira

Desenvolvimento Econômico: Thiago Norões

Fazenda: Márcio Stefanni

Planejamento: Danilo Cabral

Administração: Milton Coelho

Desenvolvimento Social: Isaltino Nascimento

Cidades: André de Paula

Educação: Fred Amâncio

Habitação: Marco Batista

Saúde: José Iran Costa Júnior

Transportes: Sebastião Oliveira

Meio Ambiente: Sérgio Xavier

Trabalho: Evandro Avelar

Agricultura: Nilton Mota

Ciência e Tecnologia: Lúcia Melo

Defesa Social: Alessandro Carvalho

Imprensa: Ennio Benning

Cultura: Marcelino Granja

Turismo: Felipe Carreras

Mulher: Sílvia Cordeiro

Controladoria: Rodrigo Amaro

Justiça: Pedro Eurico

Estrutura de apoio:

Chefe da Assessoria Especial - José Francisco Cavalcanti Neto

Procuradoria Geral do Estado: Antônio César Reis

Chefe de gabinete: Rui Bezerra de Libéria Filho

Chefe do Gabinete de Projetos Estratégicos – Renato Thièbaut

Casa Militar: Coronel Pedro Mário Cavalcante

Portal 247

Literatura e matemática em foco no Seminário PNAIC

Foto: Adriano Monteiro
Sob o tema ‘Letramento literário e matemática – Interagindo com letras e números’, alunos participantes do Programa Nacional de Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) em Agrestina. O Seminário de encerramento das atividades, realizado na sexta-feira (13/12), reuniu todas as escolas no Centro Cultural da cidade, onde foi apresentado o resultado das abordagens utilizadas em salas de aula.

A Escola Municipal Sesquicentenário da Independência apresentou livros confeccionados pelos próprios alunos e a representação da Arca de Noé em trabalhos de classe. A literatura de cordel foi contemplada pela Escola Nossa Senhora da Conceição, enquanto a Leonila de Sousa Ribeiro expôs trabalhos de interpretação de texto, com a temática de Romeu e Julieta, projetos literários, trabalhos com formas geométricas, ditado de frases e produção de texto, além do lançamento do livro ‘Atrás da Porta’, todo em formato de quadrinhos com adaptação do texto original de Ruth Rocha.

Foto: Adriano Monteiro
A matemática esteve no centro das atenções dos alunos da Escola Marcionila Maria dos Santos, através de jogos como corrida numérica, trilha numérica, disco mágico e pescaria da adição, só para citar alguns. A Escola Maria Edelvita inovou e apresentou o Sítio do Pica Pau Amarelo através de maquetes do sítio, poemas, releitura da imagem através da música Maria, Maria (Milton Nascimento), entre muitas outras atividades. A Escola Nossa Senhora da Conceição representou lindamente a Vila Barra do Chata em miniatura em um trabalho de cartografia e também realizou jogos numéricos. Na mesma ocasião foi lançado o livro Problematizando Poemas, elaborado pelos professores alfabetizadores do PNAIC.

Foto: Adriano Monteiro
Após a exposição, começaram as apresentações culturais, com a participação da Apae, que encenou uma peça sobre o nascimento de Jesus; a Mazuca de Agrestina repaginada pelos jovens e as ‘Emílias’ dançarinas, da Escola Maria Edelvita, que cantaram e dançaram as fábulas de Monteiro Lobato. Os alunos da Sesquicentenário também homenagearam um escritor, desta vez Vinícius de Morais.

“Quero agradecer às escolas que estão apresentando aqui o resultado do trabalho de um ano inteiro”, disse Joelma Leite, secretária de Educação e Esportes. Cristiana de Almeida, representante da GRE Caruaru, também elogiou. “Esse é um dia de culminância. Parabéns à equipe da Secretaria, aos professores que estão na luta diária e aos pais que acompanham os filhos nesse momento”, disse. Também estiveram presentes os secretários de Cultura, Turismo e Juventude, Josenildo Santos, de Assistência e Desenvolvimento Social, Marciano Lopes e de Políticas Públicas para as Mulheres, Maria Edinete Luiz.

Confira todas as fotos do evento (clicando aqui)

Por Edméa Ubirajara \ Decom Agrestina

Setur lança guias turísticos em Caruaru


A Secretaria de Turismo de Pernambuco - Setur, lançou na manhã desta quinta-feira, 11, os guias: “Arte em Pernambuco – Caruaru”, “Arte em Pernambuco – Tracunhaém” e “Rota do Rio São Francisco”, com a presença de autoridades dos municípios incluídos nas rotas turísticas. As duas edições do “Arte em Pernambuco” – Caruaru e Tracunhaém - têm foco na interiorização do turismo e traça um panorama da produção artesanal nas regiões. Já o “Rota do Rio São Francisco” oferece orientações para quem procura desde o turismo de negócios ao cultural e de lazer, ao longo do Velho Chico. Na ocasião, esteve representando Agrestina, o secretário de Cultura, Turismo e Esportes, Josenildo Santos.


“Nossos roteiros e guias ajudam o viajante a ter um melhor aproveitamento dos nossos destinos. Com o lançamento desses três guias, o Turismo de Pernambuco oferece nove publicações com informações sobre diferentes atrativos, do Litoral ao Sertão, para diferentes perfis de visitantes”, afirmou o presidente da Empetur, André Correia. As publicações terão no total 70 mil exemplares. 


Confira mais fotografias do evento no slide abaixo.

Passe o ponteiro do mouse sobre a imagem para mostrar os comandos do slide

Por Adriano Monteiro